Final Frontier

Maio 30, 2011 às 10:49 pm | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

Há revistas antigas de que gosto. Coisas que já desapareceram do mercado, mas que guardam muita história. A Final Frontier foi uma publicação interessante sobre a exploração espacial. Surgiu em 1988 depois da ressaca do 1º acidente fatal com o vaivém e acabou em 1998 com a história da água na Lua. Teve números especiais, grandes capas, muita história sobre a conquista espacial. Relembro os 25 anos da Apollo 11 e outros destaques interessantes. Vende-se hoje para quem gosta de coleccionar, mas não deixa de ser curioso ver as capas e desfolhar as páginas cheias de história. Relembrar velhos tempos.

Intox

Dezembro 27, 2009 às 2:20 pm | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

Interessante o último número da Ciel et Espace sobre vários casos  de informação falsa ou manipulada a nível da astronomia.

Com Ciência

Outubro 11, 2009 às 12:04 am | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

O último número da revista electrónica Com Ciência é dedicado à astronomia. A ver com artigos interessante sobre o estado da astronomia no Brasil.

Os parentes do sistema solar

Outubro 2, 2009 às 2:18 am | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

O número deste mês da Ciel et Espace diz na capa que encontramos os parentes do sistema solar refere-se aos meteoritos que contam a história das nossas origens. A ver.

400 anos depois de Galileu

Julho 3, 2009 às 12:37 am | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

A Ciel et Espace deste mês traz um dossier com perguntas sobre os grandes mistérios que estão por descobrir 400  anos depois de Galileu. Vinte astrónomos franceses dão a sua opinião. Como oferta traz um mapa celeste para ver o céu de Verão.

O Big Bang

Junho 2, 2009 às 1:29 am | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

A revista francesa La Recherche lançou um dossier especial sobre o Big Bang. O trabalho está interessante e vale a pena ver. É uma tema difícil, mas acho que os redactores da revista fizeram um bom esforço para tornar o assunto acessível. Gostei também da capa, muito bem conseguida em termos gráficos.

A ver

Dezembro 29, 2008 às 11:36 pm | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

O último número da Ciel et Espace com 2009 em grande destaque. Não faltarão descobertas, nem missões espaciais. A ISS (esse elefante espacial) ficará praticamente pronta. A NASA voltará a Lua com a LRO, os russos voltarão a Marte com a Phobos-Grunt e os chineses apanharão boleia. A Dawn partirá para Vesta e Ceres e outras missões em curso continuarão. Portanto, o novo ano promete. E eu espero continuar neste negócio. É o meu maior desejo. Até para o ano.

A ler

Novembro 7, 2008 às 7:49 pm | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

O mistério de Stonehenge na revista Bons Vicius.

A ver

Setembro 30, 2008 às 1:40 am | Publicado em Revistas | 2 comentários

A última Ciel et Espace com o salvamento do Hubble em destaque. A missão parte dia 10 de Outubro. Esperemos que seja um sucesso.

Mais alarmismo

Julho 27, 2008 às 4:59 pm | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

A capa de Science & Vie de Julho é típica da ecologia alarmista. Em grande destaque traz como hipótese uma possível subida de 3 metros no nível do mar até 2100, embora vá dizendo que tudo depende das calotes polares. Nas páginas interiores traz dois artigos: um sobre as consequências de uma subida de 3 metros no nível do mar e outro sobre o contributo das calotes polares para essa situação (Gronelândia e Antárctida).

O 1º artigo de Yves Sciama é um pouco alarmista e cheio de mapas que mostra o que acontecia caso o nível do mar subisse 3 metros até ao fim do século. Pelo menos cita o Giec francês, que aponta para uma subida global do mar de 20 a 60 cm até 2100, embora o presidente deste grupo de estudos admita que não entraram em linha de conta com as 500 giga toneladas/ano de perda de gelo, da Antárctida e da Gronelândia, o que pode conduzir a uma revisão radical no próximo relatório do grupo. Uma previsão que contraria certos estudos que referem não existir um aumento significativo do nível do mar por causa da perda de gelo da Gronelândia e da Antárctida.

Depois o 2º artigo de Lise Barnéoud fala num tom mais contido da pesquisa levada a cabo na Antárctida para perceber a perda de gelo neste continente branco. O artigo contém várias declarações de Eric Rignot, um alarmista destas coisas, que publicou em 2006, um artigo famoso sobre a aceleração glaciar na Gronelândia e que agora fez o mesmo sobre a Antárctida. Pelo menos Rignot tem a sinceridade de assumir que muita gente não acredita nas suas conclusões a respeito da Antárctida. Pelo menos isso. A própria jornalista também é cautelosa em algumas partes, o que só lhe fica bem. Mas devia ter falado com mais especialistas, pois há estudos que relativizam os dados de Rignot.

Mas enfim, tudo isto soa a alarmismo ecológico e a capa da revista faz isso claramente. Enfim, tudo para vender…

null

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.