De outros mundos

Janeiro 30, 2010 às 6:19 pm | Publicado em Livros | 1 Comentário

O livro já foi publicado há três meses, mas só agora tive tempo para escrever algumas linhas sobre a obra que aborda a problemática extraterrestre em Portugal. O Carlos Oliveira já tinha feito na altura uma crítica sobre o livro, mas gostava de acrescentar mais alguma coisa.

O livro é importante como antologia do fenómeno e dá a conhecer ao público uma série de abordagens sobre vários casos registados em Portugal. Há claramente uma tentativa de abordagem científica do fenómeno, mas que me parece que nem sempre resulta. Alguns dos trabalhos são interessantes, mas outros roçam um pouco teorias pseudo-científicas, como o Pedro Barbosa a insinuar a possibilidade de comunicação telepática com extraterrestres ou o Alexandre Martins a dizer que a ciência actual permite sistemas de propulsão que atinjam velocidades superiores à da luz e que com um pouco mais de investimento tal possibilidade poderá tornar-se realidade. Mas em contraponto há também trabalhos de análise muito interessantes como o caso de Fernando Ribeiro que analisa de forma muito cuidada o caso de Américo Duarte na Serra da Gardunha.

Portanto, o livro tem interesse e para quem gosta destes temas pode servir como iniciação a este tipo de problemática aplicada no contexto nacional. Gostei também ver um texto do José Fernando Monteiro, um amigo já falecido em 2005 (e não em 2004 como refere o livro) e que fez em tempos (1993) uma intervenção num colóquio da CNIFO no Porto, onde também estive presente. Foi com gosto que vi a inclusão deste texto no livro.

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Saudações Zé!
    Há algum tempo que não visitava este teu espaço.
    Quanto a este post, concordo contigo, por vezes há contradições neste tipo de pesquisa. No entanto, como talvez já te tenha dito, desde criança que tenho certas experiências… e quanto à telepatia, podes apostar, é possível. Eu não costumo acreditar em qualquer coisa, por causa do meu sentido céptico, para mim conta mais as minhas próprias experiência e observações. Como deves calcular, não é fácil para mim gerir estas coisas. No entanto e se os meus neurónios estiverem a funcionar bem, asseguro-te que “eles andam aí”.
    Considera o seguinte: se uma civilização extraterrestre, muitíssimo mais antiga do que a nossa visitasse a terra, como achas que eles se comunicam e viajam? Por ondas de rádio, com foguetões!? Na realidade, não podes sequer imaginar, a não ser que eles tenham comunicado contigo.
    O problema é os cientistas imaginarem o que desconhecem à luz daquilo que conhecem.
    Outra questão: Se vivesses à 3000 anos atrás e fosses visitado por visitantes do Espaço, como é que os definias? Talvez lhes chamasse, Deuses, ou Anjos…
    Tenho muitas mais questões, mas fica para próxima.

    Um grande abraço para ti.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: