Os furores do Sol

Novembro 11, 2009 às 12:28 am | Publicado em Astronomia, Memória do tempo | 6 comentários

Há 20 anos a Ciel et Espace trazia na capa a nossa estrela em grande destaque antevendo já o pico máximo de actividade solar de 1990. Que diferença entre essa época e agora! O Sol parece doente nos dias que correm, anémico, sem grande actividade.

Ciel et Espace Nov. 89

Anúncios

6 comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. gostava de encontrar aqui uma publicação do planeta nibiru.mas está muito interessante o blog

    obrigado

  2. Olá

    Esse planeta não existe é pura ficção…

    José Matos

  3. Um ET amigo meu, que em seu planeta vem desenvolvendo a visão remota, e foi numa dessas viagens que nos encontramos, me informou que o Nibiru está para chegar ao nosso sistem solar. Para fins de cálculo, disse-me ele que quando o Nibiru estiver no plano da elíptica e projetarmos para cima e para baixo um segmento de reta contendo 15 graus (segmento do arco com trinta graus), Nibiru demora para percorrer este espaço , cerca de três meses e é o tempo que estaremos mais vuneráveis às suas ações gravitacionais. Parodiando o amigo acima Sr. José Matos que diz textualmente que “esse planeta é pura ficção”, fica aqui minha colocação de que visão remota NÃO É FICÇÃO, e ambos os três existem.

  4. NIBIRU – UM PLANETA NAVE

    Anu em: O Grande Plano Divino

    Fiéis ao objetivo de nosso trabalho de informação e dlvulqação de material referente aos processos de Ascensão e Transição Planetária, obtivemos a permissão de Jelaila Starr, autora do livro canalizado Weare the Nibiruans, para divulgar alguns trechos dele. Escolhemos dois: um que nos conta “outra versão” dos acontecimentos em nosso mundo e de nossa origem e outro que fala sobre a Recodificação, Reconexão e Ativação de nosso DNA.
    Lembrando sempre que há necessidade de bom senso e discernimento sobre tudo que lemos, apresentamos a vocês o trabalho feito, Os grifos são nossos.

    Comando Estelar Metatron

    Anu fala – Introdução

    Saudações para você, amada Humanidade da Terra.
    Eu sou Anu, da sua raça paterna, os Pleidianos, e mais especificamente, os Neburianos da “força-estelar/planeta” pleidiana denominada Nibiru.
    Eu estou compartilhando a história de seu universo e planeta para dar início à abertura de vocês para o fato de que não estão sozinhos no universo, e que de fato, há uma raça de seres que os amam e os protegem.
    Compartilho com vocês uma visão geral, algo como a parte principal do enredo da história. Eu juntei as partes dela às informações que eu orientei Jelaila a pesquisar.
    Em sua Bíblia, que nós, sua raça paterna, deixamos a vocês, há uma linha que diz “provei todas as coisas” e esta linha, seguramente, pertence à históriaque eu compartilharei.
    Em certo ponto dela eu darei à Jelaila os títulos e os autores, mas eu os encorajo a que pesquisem por si mesmos, pois esta é uma boa maneira de provarem a si mesmos a veracidade de minha história.
    Eu gostaria de começar explicando um pouco sobre mim e meu povo, seus ancestrais.
    Eu sou conhecido pelo nome de Anu em muitos de seus excelentes livros sobre os sumérios, egípcios, e deuses babilônicos de sua história planetária. Eu sou um pleidiano de pura descendência Lyriana – um membro da Assembléia Real de Avyon. Real simplesmente significa que nós sustentamos os acordos que nosso antepassado, Amelius (um aspecto de Sananda), fez para manter a descendência pura do DNA para o protótipo do Humano.
    Como uma raça, nós somos altos, normalmente entre nove e onze pés, temos cabelos dourados ou prateados, olhos azuis e pele clara.
    Eu particularmente tenho 3 metros de altura, cabelo loiro prateado e olhos azuis. Todos os humanos de Lyra tinham o cabelo genuinamente loiro prateado, olhos azuis e pele clara. Os matizes dourados de nossos corpos e cabelos foram introduzidos por nosso acasalamento com os seres-leão, ou como alguns os chamam, os Felinos.
    Meus antepassados vieram de um planeta chamado Avyon, no sistema de Vegan, da constelação de Lyra. Foi em Avyon que a espécie humana foi originalmente semeada e desenvolvida pelos Felinos, por ordem dos Fundadores e da Hierarquia Espiritual Universal.
    Este é também o lugar em que Sananda, um dos nove Fundadores de nosso Universo, se fragmentou a si mesmo para criar Amelius.
    Amelius foi a primeira alma no primeiro humano em Avyon.
    Sua linhagem tornou-se conhecida como a Iínhagem Amelíus – a Casa Real de Avyon.
    A Casa Real de Avyon mudou-se e estabeleceu-se nas Plêiades há muitos milhões de anos atrás, pelo tempo de vocês. Comparado a outros agrupamentos de estrelas na Galáxia Via Láctea, as Plêiades são alguns dos mais novos planetas e estrelas. Nossos ancestrais, conduzidos pelo patriarca familiar, Devin, receberam as Plêiades como sua nova casa, dada pelos nove Fundadores de nosso universo depois que o planeta original deles, o Lyriano Avyon, tornou-se inabitável.
    Nós somos uma raça de pessoas independentes. Mas não foi sempre assim. Antes da criação de Nibiru, nós éramos pessoas que expressavam apenas as qualidades femininas.
    Desde que estamos em Nibiru, estamos experimentando o lado masculino, que nos dá nossa independência. “Como uma raça nós estamos trabalhando para encontrar o equilíbrio entre os dois, o “ponto de integração” como vocês diriam”
    Eu gostaria de dar agora, informação sobre o próprio Nibiru.

    Nibiru é um belo e vermelho planeta criado artificialmente. O ouro em nossa atmosfera dá ao planeta uma tonalidade magenta, e nós vivemos dentro dele e não na superfície, como vocês. O lado exterior do planeta é envolvido em uma espécie de substância metálica não encontrada em seu planeta.
    O campo de força protetor ao redor de nosso planeta/nave dá a ele o brilho muito falado em suas civilizações passadas, incluindo os egípcios. Eles chamavam Nibiru de “a estrela luminosa do firmamento”.
    Os anéis ao redor de nosso planeta fazem parte do sistema de propulsão que nos move através do espaço e também somam ao brilho de Nibiru.
    Nibiru foi criado pela federação Galáctica como uma força-estelar planeta, como um guardião da paz. Seu propósito é promover harmonia entre as muitas e diversificadas civilizações nos planetas de nossa galáxia.
    As Plêiades são a base atual de todas as civilizações humanas em nossa galáxia, tendo substituído, há muito tempo, o sistema de Vegan como tal.

    Nibiru é aproximadamente quatro vezes maior que Terra.

    Nele há espaço para muitas raças e espécies de seres co-habitarem em relativa harmonia, geração após geração. Há lindo lagos/ mares/ oceanos, montanhas e vales, exatamente como na Terra. Árvores e plantas de toda espécie crescem em profusão. Nibiru foi criado para assemelhar-se ao nosso lar planetário original, Avyon.
    Avyon tinha dois sóis e um firmamento tal qual um paraíso tropical. Embora a luz dentro de nosso planeta/nave seja artificial, Nibiru ainda é um verde e exuberante paraíso. Ele tem um dia e uma noite artificiais, com uma abóbada de estrelas à noite. A maioria da vegetação da Terra veio de sementes desenvolvidas em nossos extensos laboratórios e espalhadas por Nibiru. Nós também temos cidades como as de vocês.
    Considerando-se que nós somos uma força este/ar guardiã da paz/ nós temos vastas áreas para manutenção e armazenamento de naves de defesa e exploração. A nave espacial Enterprise (dos seus programas de televisão), é muito similar/ em missão e propósitos, a Nibiru.
    Em um nível espiritual/ Nibiru forneceu um caminho para que nós os femininamente polarizados pleidianos, experimentássemos a negatividade. Tendo que proteger colônias estivemos face a face com a negatividade e fomos, então, capazes de experimentar e prender seus fundamentos baseados no medo. Como uma raça, nós nos tornamos estagnados pela carência da negatividade. A negatividade tem um propósito extremamente útil a evolução espiritual. Como não tínhamos negatividade em nosso planeta, não tínhamos evolução. A solução para nosso problema foi a criação de Nibiru.

    Nibiru é magnificamente equipado com a mais avançada tecnologia do universo.

    Eu fiquei, me foi dito, como uma criança, no grande dia em que ele foi posto em operação. Havia muito som de trombetas, festa e celebração. Nibiru era mais que uma força estelar. Era, para nós/ a representação física de nossa avançada investigação em busca de crescimento espiritual. Ele era também nossa nova casa. O lançamento de Nibiru era uma visão digna de ser contemplada.
    Meu antepassado, Niestda, foi o primeiro comandante/administrador de Nibiru. Dezessete gerações depois, me foi dado o comando de Nibiru., depois que Alalu, meu meio-irmão, foi convidado a se demitir/ a pedido do Conselho Neburiano da federação Galáctica. Ele tinha ocupado o comando após a morte de meu pai e serviu nobremente. Ele era um bom comandante, mas já não podia atender às necessidades do povo e à situação naquele momento.
    Alalu tinha perdido sua esposa e filha durante uma batalha com os Répteis. Ele sentia que precisava partir, e assim foi enviado à Terra para procurar ouro. Ele apreciou aquele tipo e viagem que lhe ajudou a recuperar-se das mortes de sua esposa e filha. Eu sei que foi escrito que eu o “arranquei à força” do comando em uma grande batalha, mas não foi assim.
    Isto foi escrito por meu neto/ Marduk. Marduk mudou todos os registros manuscritos depois que ele se tornou o administrador/comandante.

    Eu era o comandante de Nibiru até Marduk tomá-Io à força, por volta de 2200 a.C.

    Eu iniciei meu comando há muito tempo, antes de vir para seu planeta, há 480.000 anos atrás. Agora resido em uma nave-mãe pleidiana junto com minha irmã/esposa Antu, minha filha Ninhursag, meus filhos Enlil e Enki e um anfitrião de outros membros da família.
    Atualmente estamos mantendo uma órbita nas proximidades do planeta Saturno, onde temos extensas instalações de laboratório.
    Há muitos seres de Nibiru e de outros planetas e galáxias a bordo desta nave-mãe pleidiana, que estão ativamente envolvidos na concretização do Plano Divino para a Terra e seu povo. Há muitos outros extraterrestres, pais de sementes estelares na Terra e também os representantes de pais de raças de estrelas sementes, caminhando a bordo da nave para dar assistência às suas crianças encarnadas na Terra.

    Extraído do livro :- Nos Somos os Neburianos.

    Vicente Chagas
    Março/2009

  5. Quero acrescentar duas coisas… primeiro que ninguém deve ficar apavorado com os possíveis acontecimentos catastróficos provocados por Nibiru… na verdade não vai acontecer o que a imprensa sensacionalista está a publicar… abduções, hibridizações, retirada de humanos, clonagem, etc.etc… todo já ocorre sem que a maioria perceba… também em 2012 essas coisas contiunarão a acontecer, só que haverá uma retirada maior de humanos não percebida devido ao aumento de cataclismos que acontecerão como os de hoje. Os que estão sendo retirados estão indo para planetas mais atrazados, como foi a história de Capela… os que ficarem continuarão sua evolução espiritual.
    A outra coisa é sobre a Visão Remota… num estágio mais avançado, aqueles que a praticam sabem que cada ser humano tem uma vibração comandada pelo cordão de prata, que sai do chacra coronário e é ela que permite você adentrar nos mundos dimensionais… neles as esperiências são fantásticas, nos fazem crescer espieitualmente já que você fica em contato com o planejamento divino e entendendo esse mecanismo maravilhoso da evolução espíritual. Você não encontra apenas um amigo ET, vocè encontra todos os seres que têm uma personalidade espiritual individual e dela dependem para a sua evolução.

  6. Uma coisa que vai acontecer em Dezembro de 2012 e que já vos digo é o Inverno….


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: