Adeus Chandrayaan-1

Agosto 31, 2009 às 2:25 am | Publicado em Espaço, Lua | Deixe um comentário

A Índia perdeu o contacto com a sonda lunar Chandrayaan-1. Era o orgulho da Índia à volta da Lua. Agora acabou-se. Mas não faz mal. Já falam na Chandrayaan-2. Mas para já ficam as recordações da primeira missão lunar indiana.

Anúncios

Os chineses e o TMT

Agosto 31, 2009 às 2:03 am | Publicado em Telescópios | Deixe um comentário

Os norte-americanos andam a ver se convencem os chineses a entrar no Thirty-Meter-Telescope (TMT). Os chineses ainda não disseram que sim e se calhar nem vão dizer nada, mas os americanos bem que gostavam de ver dinheiro chinês a entrar no projecto. Afinal estamos a falar de um telescópio com 30 metros de diâmetro, que vai trazer um salto significativo à astronomia observacional, mas também de um projecto que vai custar uma fortuna (mil milhões de dólares).

Propulsão espacial nuclear

Agosto 29, 2009 às 4:08 am | Publicado em Espaço | Deixe um comentário

O Center for Space Nuclear Research (CSNR) é um centro de investigação dedicado à pesquisa de tecnologias de propulsão espacial nuclear. Na secção de arquivos é possível ver uma série de apresentações sobre o tema, que nos dão uma ideia sobre os problemas que envolvem este tipo de propulsão.

3º Fórum do Espaço 2009

Agosto 28, 2009 às 2:50 am | Publicado em Espaço | Deixe um comentário

Há pouco mais de um mês, decorreu em Lisboa o 3º Fórum do Espaço 2009. Um encontro para apurar o “estado da arte” em Portugal e também para fazer comparações com outros países. É claro que o nosso sector espacial é pequenino, emprega apenas 80 pessoas. Mas é o que temos e é bom haver estas reuniões para se perceber o que se faz por cá.

Marte do tamanho da Lua cheia?

Agosto 27, 2009 às 2:52 am | Publicado em Planetas | Deixe um comentário

A Sandra Pereira do Jornal I escreveu um texto sobre um dos boatos astronómicos mais habituais nesta época. O boato de que Marte vai estar do tamanho da Lua cheia, que é obviamente uma grande treta que circula na net por mail.

O dia de Galileu

Agosto 25, 2009 às 3:16 pm | Publicado em Telescópios | Deixe um comentário

Hoje devia ser o dia de Galileu, o dia em que apresentou o seu telescópio ao Senado de Veneza. Um tubo com uma lente côncava do lado da ocular e outra convexa do lado da objectiva. Um telescópio de supermercado. Ou melhor dizendo hoje compra-se no supermercado por 50€ um telescópio melhor que o de Galileu. Por isso, é espantoso o que conseguimos ver com um telescópio de supermercado. O que diria Galileu hoje 400 anos depois?

Comprei uma Voyager

Agosto 25, 2009 às 12:47 am | Publicado em Missiões, Planetas | Deixe um comentário

Sim é verdade, comprei uma Voyager. Pequenina para caber no parapeito do fogão de sala. E lá está a lembrar os tempos em que percorria os planetas. Faz agora vinte anos que passou por Neptuno. Foi num dia quente de Verão, que Neptuno se mostrou azul. Foi num dia azul da Terra, que Tritão mostrou vulcões. Foi uma longa espera. Televisão ligada à espera das primeiras imagens. Não havia CNN lá em casa (era o tempo das parabólicas), mas pelo menos viu-se na RTP alguma coisa. Depois no dia seguinte os jornais revelavam mais pormenores.

Mas comprei uma Voyager para lembrar os velhos tempos, para lembrar a minha própria infância da exploração. Lembro-me de pegar numa folha e registar à mão as impressões daquele dia memorável. Sim, porque naquele tempo não havia computadores como agora ou pelo menos ao preço de agora. Mas lá escrevi para que o dia não se apagasse da memória. Pouco sabia sobre aquela missão. Sabia-se muito pouco naquele tempo. A internet não existia, os livros eram poucos, as revistas também, vivíamos ainda na obscuridade. Mas o pouco que sabíamos era uma luzinha na escuridão.

Vinte anos depois…

Agosto 24, 2009 às 12:14 am | Publicado em Missiões, Planetas | Deixe um comentário

Faz esta semana vinte anos, que a Voyager 2 passou perto de Neptuno. No dia 25 de Agosto de 1989, a pequena sonda abeirou-se do último gigante gasoso do sistema solar. Neptuno era apenas um ponto azul ao telescópio até essa data. Pelas câmaras da Voyager vimos então um mundo azul e belo, como jamais alguém tinha visto. Mas não foi só em Neptuno que tivemos surpresas. Tritão, a maior lua do planeta, também revelou a sua exótica natureza com vulcões gelados no pólo sul a emanar azoto frio. Depois a Voyager descobriu Proteu, uma lua com um impacto gigante, que podia ter destruído esta lua completamente. Viu também os pequenos anéis de Neptuno. Tudo num único dia. É um momento único e uma data importante. Não voltaremos a viver de novo na nossa breve vida outro momento destes com Neptuno. As melhores imagens que temos do planeta vão continuar a ser as da Voyager. E é pena, pois Neptuno merecia mais uma visita. Mas tudo passou. Já agora deixo aqui o press kit da missão. Um kit com história.

Caselho

Agosto 23, 2009 às 3:18 am | Publicado em Dia-a-dia | Deixe um comentário

No meio da serra há uma capela rodeada de eólicas. É o fim de uma longa caminhada. Não para nós que já lá estamos, mas para os caminhantes que se avizinham. Ali no meio de nada vemos o céu e mostramos os espaços incomensuráveis a quem chega. E lá estamos noite dentro a tecer figuras no céu e a falar do caminho dourado por cima das nossas cabeças. E depois de todos partirem, ainda guardamos um pouco de céu para nós e subimos ao chão da capela para vermos o rendilhado de pontos luminosos na paisagem. E lá ficamos um pouco a olhar tudo, a sentir a nossa pequenez e a lembrar a brisa quente que repousa na montanha. E durante uns minutos esquecemos tudo e somos apenas nós, a montanha e a estrelas.

Relatório de políticas espaciais

Agosto 21, 2009 às 11:39 pm | Publicado em Astronomia, Espaço | Deixe um comentário

Não sabia que a Assembleia da República tinha produzido este ano um relatório sobre políticas espaciais e que tinha um grupo de trabalho sobre tais matérias. Fico contente em saber que há interesse político nesta questão. O relatório dá uma ideia resumida do que se faz em Portugal em termos de astronomia e ciências espaciais e resulta da audição de diversas entidades ligadas a estes meios. Vários problemas são enunciados e esperemos que o relatório sirva para alguma coisa em termos de decisão política. Mas desconfio que será mais um belo texto para ficar tudo na mesma.

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.