Ovnis no Verão

Junho 30, 2007 às 4:19 pm | Publicado em Memória do tempo | 4 comentários

Segundo o Sol, no Verão observam-se mais Ovnis nos céus de Portugal. A ler.

Telescópios

Junho 30, 2007 às 3:42 pm | Publicado em Telescópios | 1 Comentário

Um telescópio para ser portátil não pode pesar mais de 30 kg. E montando não deve ter mais de 35 kg. Neste domínio os SCT são de facto vantajosos, pois é possível ter um SCT de 12 polegadas, que depois de montando não ultrapassa os 35 kg (estou, por acaso, a falar do LX 90-GPS de 12”, mas podia ser outro).

E já não é fácil movimentar 30 kg. Se tivermos uma mala com rodas ainda o conseguimos tirar de casa sozinhos embora com alguma dificuldade. Mas sem isso nem pensar. É claro que um dobson de 12” também é transportável, pois pode ser todo desmontado. Mas depois lá temos o trabalho de o montar quando chegamos ao campo. Um SCT é mais prático. Monta-se num instante. Por isso, gosto do meu. Não tem 12”, mas mesmo com 8” já pesa 30 kg todo montado. Mas gostava obviamente de ter um maior.

A ler

Junho 29, 2007 às 3:47 pm | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

Why human psychology will make sending people to Mars hard no Economist.

Já ninguém compra…

Junho 28, 2007 às 11:27 pm | Publicado em Livros | Deixe um comentário

Já ninguém compra um livro destes, mas é um facto que é melhor que muita coisa que encontramos na net. Mas o tempo das grandes enciclopédias vai acabando.

Bases espaciais

Junho 28, 2007 às 1:44 am | Publicado em Livros | 2 comentários

Um livro interessante sobre os locais de lançamentos espalhados pelo mundo inteiro.

De volta à Lua

Junho 26, 2007 às 7:22 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário

Um dia talvez? Talvez seja possível lá voltar. Talvez seja possível… Esperemos que sim.

A Lua

Junho 25, 2007 às 11:24 am | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário

Um bocado de pedra roubado à Terra. Uma amálgama de crateras, terrenos acidentados e superfícies lisas. Há poucos dias olhava para ela pelo telescópio. E via a desolação magnífica do Aldrin. E pensava como gostava de lá ir. Sei que os russos ainda vendem esse sonho por 100 milhões de euros. Não para aterrar na Lua, mas apenas para circular à volta dela. É claro que não têm clientes. Não por falta de dinheiro, mas por falta de credibilidade do projecto. Talvez um dia quando os astronautas lá voltarem alguém arranje uma maneira de fazer voos turísticos, mas tenho as minhas dúvidas. Parece-me pouco provável. Não estou a ver tais aventuras nos próximos 20 ou 30 anos. Portanto, resta-me apenas o telescópio. Mas gostava de ter um telescópio maior. Talvez um LX 200R de 355 mm de diâmetro. Um daqueles telescópios que não conseguimos tirar de casa. Um daqueles que custam 8 mil euros. Qualquer coisa com mais de 300 mm torna-se demasiado pesada. Portanto, estamos sempre limitados pelo peso e pela carteira.

Astrovide

Junho 23, 2007 às 12:34 pm | Publicado em Encontros | 1 Comentário

Como sempre em Julho decorre em Castelo de Vide a Astovide. Costumo ser uma presença habitual, mas este ano ainda não sei se vou? Mas penso que não sentirão a minha falta.

A ver

Junho 22, 2007 às 3:43 pm | Publicado em Revistas | Deixe um comentário

O último número da Espace Magazine com um destaque sobre asteróides.

O dia mais longo

Junho 21, 2007 às 11:16 am | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário

O dia mais longo do ano. O Verão parece começar de forma envergonhada. Onde está a calor? Onde estão os dias quentes? É um dia longo, mas é já o começo de uma coisa que passa depressa. Num esfregar de olhos passa o Verão e voltam os dias tristes e pesados. Levantei-me cedo para aproveitar e espero que realmente seja um dia longo e que a noite apesar de curta seja limpa. Porque preciso de céu limpo para trabalhar. Logo vou para longe para a cidade mais alta de Portugal. É por lá que conto passar um pouco da noite mais curta do ano a observar. Depois volto a casa porque amanhã há mais.

Página seguinte »

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.