Hubble

Agosto 14, 2005 às 9:58 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
Acreditava Edwin Hubble na expansão do Universo? Um amigo meu suscitou-me essa dúvida no final de uma palestra sobre as origens do Universo. Dizia ele que Hubble não acreditava na expansão do Universo. Acho afirmação exagerada, pois parece que Hubble nunca tomou partido por nenhuma teoria a esse nível. Não defendia a expansão (e tinha mesmo dúvidas sobre tal teoria) mas também nunca a rejeitou de forma clara, pois certamente sabia até pela sua formação em direito que há sempre um contraditório e que o que agora pode ser considerado errado pode estar certo no futuro.

No final dos anos 20, Hubble estava preocupado em demonstrar que havia uma relação entre o desvio para o vermelho das galáxias e a sua distância e o artigo que publicou no início de 1929, mostrava isso estabelecendo que havia uma relação linear entre o desvio espectral e a distância, ou seja, quanto mais distante estava uma galáxia maior era o seu desvio espectral. É claro que esta descoberta apontava para a expansão do Universo, mas Hubble nunca se preocupou muito com as implicações cosmológicas da sua descoberta. O que ele queria era medir distâncias. Aliás, nem sequer sabia qual a verdadeira razão do desvio para vermelho, ou seja, se era de facto devido a uma expansão do Universo ou se não?

Foi George Lemaitre que percebeu que as observações de Hubble e Humason implicavam a ideia de um Universo em expansão e que por isso este tinha sido criado num momento no tempo. Sempre foi notório que Hubble não se interessava muito por estes debates e que até desconfiava de tais teorias e que tinha dúvidas sobre qual a verdadeira causa dos desvios para o vermelho nas galáxias (ou seja, não considerava que fossem provocados pela expansão do Universo).

Portanto, nunca mostrou grande militância pela ideia do Universo em expansão, mas também nunca a rejeitou como teoria impossível ou descabida. Ou seja, era um agnóstico em relação a tudo isso. Ele era um observador e não um teórico e competia aos teóricos discutir as descobertas que ele tinha feito.

É claro que dizer que foi Hubble que descobriu a expansão do Universo é um exagero, pois ele nunca formulou tal ideia. Dizer que ele não acreditava na expansão também é extrapolar demais. Digamos que preferia manter-se distante desses debates, não militando por nenhuma teoria em particular, embora nos trabalhos que fez com Richard C. Tolman (1935), argumentasse que o modelo que admitia os desvios para vermelho como desvios provocados pela expansão do Universo dava resultados que não pareciam bater muito certo com a realidade. Mas mesmo aí notava-se uma certa cautela. Talvez o advogado falasse também aí, além do astrónomo.

Deixe um Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: