A ler

Janeiro 31, 2005 às 5:40 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
Uma série de artigos sobre impactos e meteoritos que sairam ontem na Revista Pública da autoria da Teresa Firmino. A ler.
Anúncios

Diferenças

Janeiro 30, 2005 às 8:23 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
A diferença entre o site da Cassini e da Huygens mostra bem do que falo quando me refiro à necessidade da ESA melhorar os seus meios de divulgação em comparação com a NASA.

No Ciência Hoje

Janeiro 30, 2005 às 5:27 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário

O meu texto sobre o kit da ISS no Ciência Hoje.

A ler

Janeiro 30, 2005 às 3:17 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
Um artigo do David Luz sobre a Titã. Uma boa síntese do que sabemos hoje depois da Huygens.

Relatividade

Janeiro 30, 2005 às 3:07 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
E já que estamos a falar do Ano Internacional da Física, pergunto eu o que sabemos nós a respeito de Einstein e da Teoria da Relatividade. O que saberemos nós daqui a um ano quando as comemorações terminarem? Saberemos mais alguma coisa? Estaremos mais esclarecidos sobre estas teorias e este homem? Desculpem, mas tenho as minhas dúvidas. E aqui não prometo cursos, pois eu próprio conheço mal o assunto. E os físicos deste país? Saberão explicar isto ao povo?

Mira

Janeiro 30, 2005 às 3:05 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
Um exemplo em Mira de que mesmo com poucos meios se pode levar a astronomia às crianças das nossas escolas.

O ISS Education Programme

Janeiro 30, 2005 às 2:55 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
A Agência Espacial Europeia (ESA) ainda está longe de ter uma política educativa e de divulgação científica à altura de uma agência europeia da sua dimensão. Mas lá vai dando pequenos passos nesse sentido. O ISS Education Programme é um desses passos. Na sua expressão mais prática consta de um kit sobre a ISS e de um DVD sobre aplicação das leis de Newton no Espaço e está realmente interessante para ensinar aos nossos alunos as três leis básicas que orientam o comportamento dos corpos. Por essa Europa fora qualquer professor pode usar o DVD e o kit da ISS para ensinar a dinâmica de Newton e o comportamento dos corpos quando actuam forças sobre eles e mesmo um pouco de gravitação. Além disso, pode-se aprender na própria língua, dado que o material está traduzido. Só que nós cá temos sempre o velho problema. Ninguém sabe de nada e o kit está pouco divulgado. Sei que o Ciência Viva fez uma acção de divulgação sobre o assunto há tempos em Lisboa, mas com pouco impacto e pouca adesão. É claro que os departamentos de educação das universidades tinham aqui um papel importante a desempenhar na divulgação e exploração do kit. O mesmo se pode dizer dos departamentos de Física ou da própria Sociedade Portuguesa de Física. E agora que estamos no Ano Internacional da Física seria uma boa iniciativa. Mas não vejo nada disso. Poucos conhecem o programa em questão. Mas como já disse, o problema é velho, pois antes da ESA já a NASA tinha editado ao longo dos anos diversos materiais com aplicações ao ensino da Física que nunca foram divulgados no nosso país. Muitos desses materiais podem ser vistos no SpaceLink. Estão on-line para quem quiser usá-los na escola. Sempre que posso falo deles nas escolas onde vou. Mas sei que muita gente não os conhece. Mas prometo que não deixarei morrer o assunto e quem sabe se um dia destes não faço um curso sobre a ISS. A ideia já fervilha.

Formação

Janeiro 30, 2005 às 2:54 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
Passei 15 dias a mostrar o céu dentro de um planetário móvel e a ensinar a 500 e tal miúdos o bê-á-bá da astronomia. E como sempre fui reparando que há coisas sobre o Universo que estão a ser mal ensinadas nas nossas escolas primárias. Os próprios professores dominam mal o assunto e os manuais trazem erros. O que podia ser feito para combater isto? Uma coisa simples era as nossas autarquias promoverem um pouco a formação livre a esse nível. Pequenos cursos para professores sobre astronomia davam uma grande ajuda. E se na astronomia é assim, o que dizer de outras ciências? Já agora aqui fica um pequeno link para a actividade que estive a fazer.

Apontar

Janeiro 28, 2005 às 8:58 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
Uma das maiores dificuldades que um principiante tem quando tenta apontar um telescópio para o céu é conseguir meter o seu alvo dentro da ocular. As miras que os pequenos telescópios trazem são frequentemente inúteis e a primeira coisa que se deve fazer é mudar para um quickfinder. É um apontador muito interessante para quem tem dificuldades em apontar o telescópio. Vende-se aqui.

Novidades Celestron

Janeiro 28, 2005 às 8:52 pm | Publicado em Astronomia | Deixe um comentário
Para quem gosta de telescópios automáticos a Celestron lançou umas novidades para o mercado.
Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.